Como escolher um bom Cerimonial/Assessor?!

12 set 2011

{ Cerimonial/Assessor }

Bom, vou dar algumas dicas importantes sobre como escolher um bom Cerimonialista (ou Assessor) para o seu casamento. Já recebi vários emails de noivas pedindo que eu falasse sobre isso e finalmente, depois de algum tempo pensando e das idéias com curso que fiz em São Paulo, no Belas Artes, aqui estou para dizer quais seriam os meus critérios hoje para escolher um bom profissional nesse amplo mercado de casamento.

 

1 – O atendimento é tudo. Vocês precisam buscar um profissional que saiba fazer um bom atendimento, afinal, ninguém no mundo merece ser mal tratado, não acham?! Daí, vocês já eliminam muitos outros requisitos, pois devem de cara receber um bom atendimento. Caso contrário, passem para o próximo candidato.

Sobre isso, nossaaaa, como eu teria o que falar…! Acho impressionante a facilidade que os profissionais têm de “perder” clientes hoje em dia. Bom atendimento é básico, é o mínimo, ou seja, simplesmente fundamental. Noivas devem ser mimadas e paparicadas sempre. Tenham isso em mente;

 

2 – Os cerimonialistas devem ter uma boa equipe. Uma equipe que responda os seus emails (com a urgência necessária), comentários e pedidos de orçamento (de preferência, o mais rápido possível);

 

3 – Referências. Acho ideal termos boas referências sobre o profissional a ser contratado;

 

4 – Simpatia. Para escolher um bom cerimonial, você precisa simpatizar de cara com a pessoa. Pensem que vocês vão conviver com essa pessoa por muitos meses até o dia do casamento. Reuniões e encontros são inevitáveis;

 

5 – Ele não é o centro das atenções. Acho que isso acontece muito. Confusão de papéis. Pessoal, o cerimonialista não é a noiva e ponto. O destaque deve ser unicamente voltado para os noivos. Na minha opinião, o profissional deve ser o mais discreto possível (costumo dizer que ele deve ser praticamente “invisível” no dia do casamento);

 

6 – Competência, responsabilidade e profissionalismo acima de tudo. Os cerimonialistas devem passar segurança no que está sendo feito;

 

7 – Lembre-se que o casamento é seu. O cerimonialista não deve impor profissional nenhum a ser contratado por você. As escolhas devem ser feitas sem pressão alguma. Sugestões, ok! Imposições, jamais! Deixem isso bem claro, se for necessário;

 

8 – Sugiro sempre que algum advogado (algum amigo ou alguém da família mesmo) dê uma olhadinha no contrato – e isso vale para todos os fornecedores contratados no casamento – apenas para evitar dores de cabeça futuras;

 

9 – Acho bem bacana que as reuniões sejam documentadas e se houver qualquer alteração (em contratos ou combinações), que sejam feitas por escrito e com a concordância de ambas as partes;

 

10 – Custo/benefício – feche apenas o que acha que vale à pena. Pense bem, analise, sinta-se segura e bem assessorada, pois podem apostar, o trabalho prestado por um bom cerimonial é a alma do casamento. Funciona mesmo e faz toda a diferença (quando bem feito, claro).

Boa sorte na escolha, meninas!!!!

Beijos,

Natacha.

 

 
checklist Como escolher um bom Cerimonial/Assessor?!
 
9

9 Comentários

Deixe seu comentário

*